Discos de Corte
Informativo Técnico

Discos de Corte

 

Identificação e Correção de Problemas

 

Com discos Carborundum, você corta mais em menos tempo, os cortes são frios, e evitam totalmente a ocorrência de queimas superficiais. E mais: sem rebarbas, e com custos operacionais reduzidos.

Existem, entretanto, fatores adversos que contribuem para prejudicar o desempenho dos discos. São, geralmente, práticas incorretas, condições operacionais inadequadas ou irregularidades de toda ordem, alterando o tempo de vida e a performance dos discos de corte.

 

Estas incorreções podem ser identificadas com facilidade e eliminadas. Abaixo temos uma tabela com problemas comuns na utilização dos discos de corte.

 

Problemas
Causas Prováveis
Soluções Sugeridas
1. Queima na peça Obra

- Avanço insuficiente;
- Baixa pressão de trabalho;
- Grão muito grosso;
- Disco muito duro;
- Disco com variação axial / _radial;
- Velocidade periférica muito
_
baixa.

- Corrigir o equipamento para a máxima potência _disponível;
- Use disco de grão mais fino ou aumente a potência _motora;
- Use disco mais mole;
- Verifique o eixo e variação axial do disco
- Verifique se o disco não está deslizando sobre os _flanges. Ajuste a velocidade para o nível correto.
2. Cortes irregulares e não perpendiculares - Disco muito duro;
- Eixo com irregularidades, _rolamentos gastos;
- Peça obra não está fixada _firmemente;
- Use disco mais mole;
- Use disco de grão mais fino;
- Verifique variação radial do eixo, rolamentos e _mancais;
- Verifique sistema de fixação.
3. Baixa ação de corte - Potência insuficiente;
- Disco muito duro;
- Área de contato muito _grande;
- Disco de grão muito grosso;
- Disco com variação axial / _radial.

 

- Aumente o avanço e a pressão e corrija a _potência;
- Use disco mais mole ou, se possível, disco de _menor _espessura;
- Reduza a área de contato ao mínimo _compatível;
- Use disco com grão mais fino;
- Verifique variação no eixo e Variação axial do disco.