Problemas com a pintura: O que fazer?
Informativo Técnico

Problemas com a pintura: O que fazer?

 

I. Problemas comuns com a Pistola de Pintura:

 

1. Incorreto conjunto “Bico do Fluído, Agulha e Capa de Ar”

 

Para alcançar o melhor acabamento, o conjunto bico/agulha/capa deve ser selecionado conforme a viscosidade do material a ser aplicado.

 

Sempre substituir por peças originais, para garantir a performance da pistola, o resultado esperado da pintura e não aumentar os custos com tinta e tempo.

 

2. Leque não-Balanceado causa um mau acabamento da superfície com escorrimento

 

Potenciais causas:

 

- Pressão de ar muito alta ou muito baixa;

- Conjunto bico/agulha não adequado ou não apropriadamente regulado.

 

3. Leque com muita Névoa

 

Potenciais causas:

 

- Material é aplicado muito seco, com distribuição não-uniforme;

- Insuficientes pressões de pulverização e de ar.

 

4. Viscosidade da tinta Errada

 

Potenciais causas:

 

- Viscosidade muito alta: resulta insuficiente pulverização;

- Viscosidade muito baixa: resulta escorrimento.

   

5. Escolha incorreta da Distância de Aplicação

 

Potenciais causas:

 

- Muito perto: muito material, resulta escorrimento;

- Muito afastado: muito overspray, padrão do leque não-homogêneo.

 

6. Incorreto Padrão do Leque

 

Potenciais causas:

 

- Leque carregado em uma das pontas: bico de fluído danificado ou obstruído, ou capa de ar suja;

- Leque curvo: bico de fluído danificado ou obstruído, ou capa de ar suja;

- Leque carregado no centro: excesso de material ou material muito viscoso;

- Leque dividido: pressão muito alta ou falta de material.

 

7. Pulverização Intermitente

 

Potenciais causas:

 

- Falta de material na caneca;

- Bico de fluído incorreto, ou solto;

- Conjunto bico/agulha/capa sujo ou danificado;

- Vedação da agulha danificada.

 

 

II. Algumas Dicas para a Aplicação

 

1. Ajuste da Pressão

 

- Ajustar a pressão de  4 – 5  bars  (60 – 70 psi)  na Unidade de Filtros para compensar a queda de pressão na mangueira de ar;

- Para as pistolas sem manômetro: Ajustar a pressão no regulador com 1 bar (14 psi) a mais do requerido, para cada 10 metros de mangueira.

 

Importante: Medir, sempre, a pressão com o gatilho da pistola apertado.

 

Aviso: O resultado pode ser prejudicado pelo uso de mangueiras de ar longas ou de pequenos diâmetros internos. Usar mangueiras com no mínimo  5/16 para bons resultados!

 

Pistola HVLP: a pistola de pintura HVLP requer um ajuste mais preciso para atingir um bom resultado. Somente com o ajuste de  0,7 bar  (10 psi)  no bico garante-se uma alta eficiência de transferência e um bom resultado de acabamento.

 

2. Configuração do Leque

 

- Leque Balanceado. Aplicação: para superfícies e objetos grandes.

Nota: abrir o controle de fluxo de tinta para evitar uma insuficiente emissão de material. Regular pela pressão do tanque.

 

- Leque Redondo. Aplicação: para pequenos objetos.

Nota: reduzir o fluxo de tinta para evitar uma excessiva emissão de material.